sábado, 23 de abril de 2011

...sobre a beleza e o amor


o silêncio quando se demora num demasiado de instantes
constrange e impulsiona no mesmo pedaço de tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário