quarta-feira, 18 de maio de 2011

de agora...


é tão interessante o que as pessoas conversam...o que elas são quando conversam...ou o que elas conversam porque são o que são. E se mostram então.

algumas pessoas são muito interessantes. Eu acho. outras nem tanto...eu acho também.
aliás...o que eu sinto e penso sobre o que as pessoas conversam...sobre o que são...também acho interessante. Aliás, um tanto de coisa me interessa!

é impressionante como me sinto distante de alguns assuntos de vez em quando e é impressionante o tanto que isso tudo me chama a atenção. Aliás, um tanto de coisa me impressiona!

o tanto que fico observando detalhadamente o comportamento humano e sempre, é claro, fazendo comparações com meu próprio


será que é só por que estou sozinha e viajando, longe dos meus, da minha vida acostumada?


exemplo do que escuto no ônibus indo para o aeroporto:

sobre:
quantas pistas tem uma avenida da cidade e a consequência disso no trânsito
nossa, como tem muitas lojas de venda de carros na mesma rua em Belo Horizonte!
sobre a importância de ser um marrom mais escuro na pintura de um vidro no meio de um projeto de decoração detalhado


será que é porque eu não moro perto dessa avenida?
será que é por que não trabalho com venda de carros?
será que é por que o vidro não é pra minha casa?
será que é o tipo de assunto que não me interessa?
será que é por que não conheço essas pessoas? Será que é porque não tenho ligação afetiva com elas?
ou será que é por que não se trata de algo do meu interesse nesse momento?


fico sem saber se é porque sou mais ligada em assuntos internos e profundos, da vida...do ser...do amor...do viver
ou se sou alienada e egoísta...e fico achando que o bom é conversar sobre o que quero...com quem eu gosto

cada um, um universo...cada mesa de restaurante do aeroporto um assunto

as pessoas se encontram para comer e beber e então conversam? Ou se encontram para conversar e então, comem e bebem? Os dois?

cada um na sua com uma vida enorme por trás e meus olhos e ouvidos e pensamentos e sentimentos no lado na frente

chega.

sei é que pergunto e pergunto muito e sempre...

Melhor ler Clarice!


3 comentários:

  1. Nuhhhhhh, será que eu me identifiquei!? Será, que isso enlouquece qualquer um quando se tem a sensação de que ninguém se interessa pelo que você se interessa!? Melhor, mas melhor mesmo, ler Clarice!

    ResponderExcluir