sexta-feira, 27 de maio de 2011

de agora...


é impressionante como a tendência de ver o erro fora prepondera
como o "coitadinho de mim" aparece montado num cavalo forte e veloz
e como que mesmo vendo que a vida fica pobre
que as relações acabam por mancar, perecer...
não se ousa sair do lugar
não se ocupa com o que é nú e real dentro do ser
não se acaba com a cegueira que demora
me cansa.......


Nenhum comentário:

Postar um comentário