quinta-feira, 30 de junho de 2011

corpo dentro e deles...


"Que as pernas também são pessoas, apenas inferiores aos braços, e valem de si mesmas, quando a cabeça não as rege por meio de idéias."
(Machado de Assis-Dom Casmurro)

deles...


Machado enfim...
custei mas comecei

"Estávamos ali com o céu em nós."
(Dom Casmurro)

de agora...


girar em torno do próprio umbigo é um perigo
pode acabar por formar
um furacão rumo à solidão

quarta-feira, 22 de junho de 2011

de agora...


falta-me uma relação direta com a coisa em si
a coisa é o que possibilita
falta-me uma relação direta com o tempo marcado
ele é o que é sentido e vivenciado pela vontade
e não pelo relógio; o relógio é coisa
falta-me uma relação direta com o lugar em si
o lugar é o com quem, mas é o onde
viver abstratamente no concreto
caber gasta esforço

segunda-feira, 20 de junho de 2011

de agora...


antíteses e paradoxos na construção da experiência na Terra
medos e coragens, dúvidas e certezas
ensaios intermináveis na descoberta da terra de si mesmo
ah...os que não querem ver...
os que não ousam se conhecer...
mas
o outro tem seu caminho, seu tempo, seu modo, sua força e fraqueza
cada qual com seu quinhão
cuide eu do meu e já é muito
profundo, espiral, intransferível

sexta-feira, 17 de junho de 2011

deles...


"Mas você sabe que sou de trato muito simples, mesmo que a alma seja complexa."

(ClariceL.-De corpo inteiro)

terça-feira, 14 de junho de 2011

...sobre a beleza e o amor


dependendo do que respiro
respirar é boooommmm...
recicla não só o ar
mas, o hálito mental
o sentir
aliás...
onde começa o que
respiro e sinto?
ou sinto e respiro?
ciclos
brisa nova
perfumada
com direito a lua de presente
respirar é preciso!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

da Lú


o caminho do meio da Carol
pode ser bom pra Carol,
o caminho do meio do outro
pode ser bom pro outro
e doido e torto pra Carol...

até pro outro às vezes é torto
porque o outro sempre se pergunta
se o seu caminho é seu ou do outro...

domingo, 12 de junho de 2011

de agora...


há um lugar em mim
um buraco sem fundo
de descobertas sem fim
há um lugar em mim
que é só meu, pra mim

segunda-feira, 6 de junho de 2011

de agora...


e
que
eu
ache
o
sentido
e
principalmente
a
graça
do
meio
sem
ficar
sem
mim
sem
me
perder
do
início
ao
fim
pois
sem
mim
não
...
mas
sei
quem
sou
?


de agora...


espiando...
devagar
pé por pé
movimento
que deixa ver o interno
observação: 360 graus
para dentro
para fora
zona de segurança aos encontros que desencontram, ativada
só quero ver até que dia...
juro que quero acreditar
contratos só de mim
para comigo
sossego, descanso regular
ainda que tardios

domingo, 5 de junho de 2011

de agora...


...realmente
as aparências e falas
podem enganar
e o pior é quando enganam
a própria pessoa
que parece e fala
mas não é!
algumas coisas são tão óbvias...
detalhes...