segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

musicando...


Clarice...Clarice... Clarice... Clarice...

Vento que iça a vela do meu barco palavras
Diz por mim o abalável inefável
Me faz pertencer a um mar que parece indecifrável

Respira comigo no certo e no avêsso
Me fala pela sua boca e escrita
Me anima em universo que habita

Clarice...Clarice... Clarice... Clarice...

Aquilo que em letras não consigo achar
Vem como fonte latente
Do seu coração...sua mente
Me faz valente, me faz contente
Potente, Semente...
Clarice...simplesmente

Nenhum comentário:

Postar um comentário