segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

de agora...


...fala muito de nós a forma com a qual reagimos perante a fragilidade alheia, mesmo que circunstancial...será que é porque faz com que nos encontremos com a nossa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário