terça-feira, 17 de setembro de 2013

De agora e já há algum tempo...

Com as delicadezas do sentimento
A gente tem de lidar como se fosse
Uma pétala de flor que se quer guardar pra sempre...

domingo, 8 de setembro de 2013

de sempre...

nasci em despreparos...
não sei fazer conta
e nem fazer de conta


de agora...

cada um sabe de suas lonjuras...e pertezas...
o que é o que...como sente o que...
isso é intransferível
mas sei que distâncias distanciam
e proximidades aproximam...



sexta-feira, 6 de setembro de 2013

de agora...

Milagre é...
acordar e ir até a janela com os próprios pés para ver o dia que amanhece
ouvir os carros que passam na sua rua e a voz de quem se ama perto do ouvido
sentir cheiro de bolo assando na sua cozinha
perceber se está frio ou calor
saber a diferença entre a rosa e a margarida
é isso....sim, é só isso tudo....





domingo, 1 de setembro de 2013

de agora..

vai que chove  e o verde que nasce é capim?
vai que nasce e o que a gente corta é flor?