domingo, 30 de novembro de 2014

Desses dias....

não podemos e nem devemos fugir da experiência da vulneralbilidade humana na Terra...nela descobrimos novos poderes, melhores e mais verticais dos que aqueles que nos fazem querer imunidades ilusórias...nela, descobrimos quem são...e...quem somos....


terça-feira, 25 de novembro de 2014

de anteontem....

...aprendi que vinte minutos podem ser o suficiente para acontecer jardim no peito, brisa na pele e um mergulho nas boas águas de dentro...