domingo, 7 de maio de 2017

de "olhares escritos palavras olhadas" com foto de André Luppi


sim...

precisamos de


lanterna para nossas veredas
e um pouco de pausa nas certezas

estação de chegada para o nosso amor
e coragem para experimentar o sabor

um descanso para o olhar
e tempos de abraçar

compensações nas frustrações
e reparar constelações

terra fértil pra enraizar
e céu aberto para respirar

assim...
escrever a tôa
sem ensaio
através da foto
com ou sem rima
tudo que desfaça
o nó, o medo,
a falta de sentido
da parte cega de mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário