domingo, 7 de maio de 2017

de "olhares escritos palavras olhadas" com foto de André Luppi

quando a lua me toca de azul
e me faz tocar pra ela
notas em cor de aquarela
reluz o metal encantado 
antes encostado no quarto apagado 
me acende uma luz por dentro
com jeito de música que vem pra ficar
até o raiar do dia e a morte do luar

Nenhum comentário:

Postar um comentário